Onions
Cozinhar junto à fronteira 
As cebolas são o quê? Um vegetal? Uma especiaria? Estão na fronteira entre ambos.  A maioria das cebolas frescas tem um sabor acentuado e picante. Assim, a tendência é de utilizar as mais suaves para as saladas. No entanto, o sabor é atenuado quando as cozinha. Na verdade, as cebolas alteram o seu sabor dependendo um pouco se são alouradas numa frigideira ou cozidas numa panela. Parecem deixar passar o seu sabor para qualquer alimento que esteja próximo delas, seja carne, pão, outros vegetais ou ervas.  Uma vez que as cebolas foram descobertas muitos anos antes do nosso tempo, nunca pararam em nenhuma fronteira. Actualmente, em qualquer parte do mundo elas são bem-vindas à mesa. Comece a descobrir... 

Pequeno é bonito 
As cebolas são bons alimentos saudáveis. São uma fonte rica em nutrientes, incluindo vitaminas, proteínas e alguns minerais. Mas sem gordura, sem colesterol e têm poucas calorias. Pode comprá-las num tom amarelo-acastanhado, vermelho ou branco, e por vezes até verde. E existem em vários tamanhos, desde cebolas com 2,5 centímetros até cebolas grandes como uma batata.  Se não sabe bem como condimentar a sua refeição, faça apenas o que a humanidade tem feito desde há várias centenas de anos em todo o mundo: junte algumas cebolas. Pique-as em pequenos pedaços, corte-as em fatias ou misture-as com ervas ou alho, para que tudo o que permaneça seja o sabor – facilmente feito e sem quaisquer lágrimas pela sua Minipimer 5 da Braun. 

Invente o seu estilo livre de Guacamole

Se tiver um abacate, alguns tomates e talvez algum iogurte à mão, pode combiná-los para um molho dip. Adicione uma gota de sumo de limão, uma cebola, especiarias (coentros ficam muito bem), e pimenta se gostar – irá certamente encontrar uma forma que é o caminho para o México.  Por fim, a sua Minipimer 5 da Braun abrirá caminho quando colocar tudo no acessório picador. Não gosta do México? Então siga em direcção à Índia e prepare um chutney.
 
Pode construir pirâmides de cebolas  
Os antigos Egípcios consumiram toneladas de cebolas. Os trabalhadores que construíram as pirâmides até aceitavam cebolas como pagamento. Numa colecção de 35 receitas Babilónicas, as cebolas aparecem em quase todas as receitas, geralmente esmagadas e misturadas nos alimentos.  Na Grécia antiga, os atletas comiam imensas cebolas para clarear o equilíbrio do sangue. Na Idade Média, por vezes as pessoas pagavam as suas rendas com cebolas e sabia-se que os médicos prescreviam as cebolas para curar várias queixas, por exemplo, queda de cabelo e dores de cabeça.