Coffee beans and blends

O café em grão vem em duas variedades comercialmente significativas: Arábica e Robusta. A variedade mais fina, Arábica, totaliza 70 % da produção mundial. A variedade Robusta é largamente utilizada para misturas de café e café instantâneo. Os países como a Colômbia, Etiópia, Costa Rica, Nicarágua e Quénia cultivam pouco mais que grãos de Arábica enquanto que o recém-chegado Vietname produz quase exclusivamente Robusta.

O café mais exótico e caro do mundo vem da Indonésia. O Koppi Luwak é feito a partir de bagas de café que foram comidas, digeridas e excretadas por um pequeno marsupial. O café tem um sabor rico, forte e exoticamente terrestre com um traço de caramelo ou chocolate. Não são produzidos mais de 200 kg por ano – com preços até 1.000 euros por kg. Os comerciantes de café garantem que os grãos de café são lavados antes da torrefacção.

Os cafés originais contêm grãos de um único país enquanto que os cafés de mistura são feitos a partir de grãos de café de diversas origens para fazer uma chávena com acidez e sabor variável. Uma vez que diferentes lotes de café, da mesma origem, podem ter sabores diferentes, a mistura é uma forma de alcançar uma qualidade constante.